“A investigação precoce de um nódulo maligno pode ser decisiva na vida do paciente, porque quando tratado no início, o câncer da tireoide tem ótimas chances de cura e evita que as células cancerígenas se espalhem para outras partes do organismo”


Câncer da Tireoide

A progressão da incidência do câncer da tireoide, cerca de 1% ao ano, tem chamado a atenção dos especialistas.  Esse aumento deve-se, também, ao fato do maior acesso ao diagnóstico devido ao uso do ultrassom da tireoide, que permite a detecção de pequenos nódulos, que não poderiam ser diagnosticados no passado.

Leia mais

Tipos de Câncer da Tireoide

Há diferentes tipos de câncer da tireoide,  o carcinoma Papilífero é o tipo mais comum e está presente em cerca de 8 em cada 10 pessoas com câncer de tireoide (ou seja 80%de todos os tumores malignos da tireoide). Geralmente cresce  lentamente e, eventualmente, se espalha para os gânglios linfáticos no pescoço (chamamos de metástases ganglionares). A disseminação para outros órgãos, por exemplo pulmão, ossos, fígado, etc é rara no carcinoma papilífero, e acontece habitualmente em tumores avançados.

Leia Mais

Diagnóstico e Tratamento

O paciente pode encontrar um nódulo em si mesmo ou seu médico poderá encontrá-lo durante um exame de rotina. O autoexame da tireoide pode ajudar a identificar a presença de cistos ou nódulos na glândula, sendo importante para ajudar num diagnóstico precoce de um eventual nódulo que necessite de um tratamento específico. O tratamento depende do tipo de nódulo, se é maligno ou benigno, e se está localizado somente na tireoide ou também nos linfonodos do pescoço.

Leia Mais

“Ao identificar qualquer anormalidade na região da cabeça e pescoço, é importante procurar um médico especialista tão logo quanto possível, para que uma investigação completa seja realizada. A prevenção é muito importante e o diagnóstico precoce é a chave para o  sucesso do tratamento”.

 

 

Câncer de Cabeça e Pescoço

O câncer da região da cabeça e pescoço é a quinta neoplasia maligna mais comum no mundo. A incidência global chega a 780 mil novos casos por ano. Segundo estudo realizado pelo INCA – Instituto Nacional do Câncer, em 2015 foram registrados no Brasil 11.280 novos casos de câncer de cavidade oral em homens e 4.010 em mulheres, além de 6.870 casos de câncer de laringe em homens e 770 em mulheres. Os tumores malignos da cabeça e pescoço compreendem os tumores que atingem os lábios, a cavidade oral (boca), lábios, orofaringe e hipofaringe, laringe (gargante), nasofaringe, cavidade nasal e seios paranasais.

Leia Mais

NEWS | Dr. Erivelto Volpi

Acesse aqui News de Setembro. Para receber as próximas edições em seu e-mail preencha o formulário abaixo.

Dr. Erivelto Volpi fala sobre o Câncer da Tireoide.

Vídeo produzido pelo Hospital Alemão Oswaldo Cruz.

Acesse aqui a nossa Videoteca